Receitas com ervas medicinais

Adoramos as dicas do blog Apezinho, delicias de receitas com ervas medicinais para você. Vamos cuidar da nossa saúde!

Você sabia que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) regulamentou a produção e a comercialização de fitoterápicos no Brasil? A lista com 66 plantas é bem completa e um ótimo começo para nos aventurarmos nesse mundo desconhecido! Ela detalha o modo de usar de cada erva, para o que ela serve e possíveis efeitos colaterais. Clique aqui e conheça todos os detalhes!

Antes de se jogar nos remédios a cada dor no corpo, pense com carinho em ter uma farmacinha verde em casa. Ela pode ser “comprada” nas lojas naturais ou cultivada em um canteirinho só seu. Se essa for a sua opção, compre as mudas em locais confiáveis. Ah, se estiver tomando medicamentos, converse antes com seu médico.

Fizemos uma seleção de plantinhas que podem te ajudar e você nem sabe, olha que legal! Se você vai começar a sua horta, leia antes esse post. Para contraindicações e efeitos adversos, confira aqui. 

Aproveite!

Quadros leves de ansiedade e insônia. Cólicas abdominais, distúrbios estomacais e flatulência (gases) – Erva-cidreira (Lippia alba) – coloque ½ colher (chá) de folhas de erva-cidreira fresca em 1 xícara (chá) de água fervente. Abafe por 5 a 10 minutos e coe. Tome uma xícara do chá duas vezes ao dia.

Gastrite – Espinheira-santa (Maytenus ilicifolia) – coloque ½ colher (chá) de folhas de espinheira-santa em 1 xícara (chá) de água fervente. Abafe por 5 a 10 minutos e coe. Tome uma xícara do chá três vezes ao dia.

Enjoo e náuseas – Gengibre (Zingiber officinale) – cozinhe por 10 minutos 1 colher (chá) de gengibre em 1 xícara (chá) de água. Abafe e coe. Tome uma xícara de chá três vezes ao dia. Quem sofre de pressão alta deve evitar o gengibre.

Dor de garganta e gengivite – Malva (Malva sylvestris) – Infusão cicatrizante, eficiente em gargarejos – ferva uma xícara de água, desligue o fogo e acrescente uma colher de sopa da planta fresca. A infusão deve descansar por dez minutos e ser usada ainda morna.

Cólicas intestinais e uterinas. Quadros leves de ansiedade e insônia – Capim-limão (Cymbopogo n citratus) – faça um litro de limonada (água, suco de dois limões e açúcar a gosto) e acrescente uma xícara de chá de capim-limão. Bata bem e coe duas vezes para tirar o excesso de fibras cortantes.

casapop-farmacinhanatural-DIY

Tosse – Guaco (Mikania glomerata) – Xarope expectorante e broncodilatador – derreta 200 g de açúcar com cravo, canela e um limão (cortado em quatro, com casca). Acrescente 500 ml de água e sete folhas de guaco. Deixe apurar, apague o fogo e coloque uma colher de sopa de camomila.

Distúrbios da digestãoBoldo (Peumus boldus) – Água digestiva, indicada para problemas hepáticos. Também dá realce à pele, se consumida por uma semana – para ½ copo de água gelada, coloque uma folha grande de boldo. Deixe descansar por dez minutos antes de ingeri-la.

Dores de contusões e torções – Arnica (Arnica montana) –  coloque 20 g de arnica em 100 ml de álcool e deixe descansar por dez dias. Armazene o concentrado em uma garrafa bem fechada e, quando necessário, dilua em ½ litro de água. Passe sobre a contusão. Importante: não use a tintura em feridas abertas.

Compressa calmante, eficaz contra picadas de insetos – Poejo (Mentha pulegium) – lave as folhas do poejo e coloque sobre as picadas. A planta alivia o incômodo da coceira.

casapop-farmacinhanatural-DIY-2

Gostou? Deixe um comentário aqui embaixo. 🙂